Em tempos de pandemia, mutação da Covid-19 se espalhando pelo país e falta de vacinas em algumas cidades, tudo que não precisávamos era de um deputado (que, por sinal, defende remédios sem comprovação contra a Covid-19, ataca medidas de proteção como as máscaras e já se posicionou contra vacinas) criando factóides para desviar a atenção do que é importante no momento. Mas aconteceu.

Depois de defender (assim como outros bolsonaristas) medidas antidemocráticas e atacar o STF, Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso após ordem do ministro Alexandre de Moraes e endosso dos 11 ministros do Supremo. A prisão do deputado fez com que a Covid-19 deixasse de ser o principal assunto no “mundo das fakes news”.

Três notícias falsas sobre Alexandre de Moraes e o STF voltaram a circular na internet nos últimos dias. Todas as publicações foram desmentidas no meio de 2020, quando o ministro despertou a fúria de grupos radicais ao ordenar operações e prisões no âmbito do inquérito das fake news. Confira:

Fake #01 – Alexandre de Moraes ameaça tocar fogo no STF

Uma das notícias falsas que voltou a circular tentava “justificar” a fala (totalmente condenável) de Daniel Silveira. Junto a um vídeo em que Alexandre de Moraes falava em “tocar fogo no STF” e “atirar em ministros”, mensagens apontavam que se tratava de uma fala da época em que o ministro era “advogado”. Não é verdade.

O vídeo, na realidade, era de uma sessão remota do Supremo Tribunal Federal do dia 17 de junho de 2020. Na ocasião, Alexandre de Moraes lia ameaças que constavam no inquérito das fake news (no qual Silveira também é réu). Desmentimos, na época, em texto e em vídeo a informação falsa.

Fake #02 – PCC cria faixa em homenagem a Alexandre de Moraes no STF

O boato que tentava ligar o ministro do STF à organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) também circulou em 2020 e voltou a circular na última semana. Uma imagem apontava para uma suposta faixa do PCC em homenagem a Alexandre de Moraes no STF.

Só havia um detalhe: a imagem era uma montagem e nada tinha a ver com o ministro do STF. Também desmentimos o fake em texto e em vídeo:

Fake #03 – O STF jogou a polícia em cima do “povo”

Junto com a falácia de que o “povo” está ao lado de Daniel Silveira (na realidade, há apenas um pequeno grupo que o apoia), voltou a viralizar na internet um vídeo que seria de pessoas no STF. Junto ao vídeo, havia informações falsas que apontavam que o STF “jogou a polícia no povo”.

Na realidade, nem o vídeo era recente (e, obviamente, nada tem a ver com o deputado preso na última semana) tampouco a ação da Polícia do Distrito Federal foi “por ordem do STF” após manifestantes entrarem em confronto entre si e tentarem invadir o prédio do Supremo.

Para além da conclusão de, pelo menos temporariamente, temos um novo alvo de fake news, temos mais uma prova de que as ondas de notícias falsas têm seguido fluxos nos últimos tempos no Brasil. Basta agir contra uma extrema-direita e suas pautas para ser atacado e virar figurinha carimbada em fake news (sejam novas ou recicladas).

Trends da semana

As palavras mais buscadas no Boatos.org nos últimos sete dias foram, em ordem decrescente, Alexandre de Moraes, Ivermectina, Carrefour, Alexandre de moraes, Dr. Roger Hodkinson, Moro, Bicarbonato, Argentina, Israel e Vacina

Os desmentidos mais lidos do Boatos.org nos últimos sete dias foram, em ordem decrescente, da mensagem falsa que apontava que o Carrefour estava dando iPhones no WhatsApp, da que falava sobre uma festa de carnaval realizada em uma agência do Bradesco, sobre a “história macabra da Peppa Pig”, sobre a informação errada de que o Flamengo foi rebaixado em 1995 e sobre um calendário errado de vacinação previsto para março.

No Twitter, a matéria com maior engajamento foi a que desmentia o boato da festa de Carnaval na agência do Bradesco. Um alerta sobre o “golpe do PIX por email” foi o conteúdo mais compartilhado da semana do Facebook. No Instagram, o conteúdo de maior engajamento foi o desmentido sobre a Rússia ter descoberto que a Covid-19 “é uma farsa”.

O conteúdo mais visto da semana no Telegram foi o desmentido da notícia falsa que falava que todos animais morreram em um teste com vacinas “mRNA”. Por fim, no YouTube, o conteúdo mais visto da semana foi o que desmentia a morte do homem que interpretou o diabo derrotando Jesus no carnaval.

*Edgard Matsuki é editor do site Boatos.org, site que já desmentiu quase 6 mil notícias falsas

Uma das novidades do Boatos.org para 2021 é a seção “A Semana em Fakes”. Periodicamente, faremos análises sobre os assuntos mais recorrentes em termos de desinformação na internet. Este conteúdo ficará aberto para republicação em outros veículos de mídia (caso tenha interesse, entre em contato com o Boatos.org para saber as condições). Para ver todos os textos da seção, clique aqui.

O post Fake news sobre Moraes e STF voltam a circular após prisão de Silveira apareceu primeiro em Metrópoles.

Powered by the Echo RSS Plugin by CodeRevolution.